Caminhos de Santiago de Compostela

O Caminho Português da Costa de peregrinação a Santiago de Compostela está assinalado em Esposende por vários marcos, placas e setas indicativas do itinerário em território do concelho.

Tendo sido usada a Via Veteris, na Idade Média, como forma de chegar a Compostela, será somente na Época Moderna que o Caminho Português de Peregrinação à cidade de Santiago, onde jazem os restos mortais do Santo Apóstolo, tomará um maior relevo.
Por este caminho circulam atualmente milhares de Peregrinos que, movidos por diversas formas - a pé, a cavalo, de bicicleta ou até mesmo de barco, seguem as "setas amarelas" sem olhar para trás. Por caminhos esposendenses passaram, quiçá, também alguns monarcas: D. Afonso II, a Rainha Santa Isabel e o rei D. Manuel I, tendo atravessado o Cávado pela Barca (Gemeses - Fonte Boa) rumo a Santiago.
Não é por acaso que ainda se observam, em quantidade, as marcas da devoção e evocação deste espírito de peregrinação, patentes em igrejas, alminhas e cruzeiros, um pouco por todo o concelho, nos seus 20km, desde Apúlia a Antas (S. Paio). Nomes como "Estrada Real", "Estrada dos Cavaleiros" ou "Estrada Velha" (Karraria Antiqua ou Via Veteris) estão ainda bem presentes e indicam-nos sempre um mesmo sentido!
Esposende está dotado de um albergue para peregrinos, para além de uma ampla oferta de alojamentos, serviços de restauração e outras comodidades, para pernoitar e relaxar.
Se hoje os caminhos são um pouco distintos dos usados em outros tempos, devido um pouco às mudanças de desejos do homem e dos distintos e característicos ritmos de evolução da paisagem, o espírito, porém, mantém-se o mesmo, do homem perante a sua Fé e na conquista de um objetivo, seja ele pessoal ou coletivo.
Porém, se o seu destino é Santiago de Compostela, aproveite para apreciar a passagem por Esposende; observando e sentindo aquilo que a Natureza nos proporcionou por estas paragens ao contemplar o Parque Natural do Litoral Norte, a nossa orla e praias, os rios Cávado e Neiva e, ao passar sobranceiro aos montes que pertencem à Arriba Fóssil, admire também as marcas do homem nestas terras, patentes nos muitos monumentos que irão assinalar e colorir este troço do Caminho. Sinta a simpatia das gentes e a nossa hospitalidade e, claro, nunca deixe de provar a nossa gastronomia!
Certamente, se completar este mosaico - característicos desta terra - chegará a Santiago e dirá que também parou em Esposende e apreciou o Caminho, porque "Esposende, é um privilégio da natureza"!
Aqui encontra outras informações úteis, que poderão ser de extrema utilidade na sua passagem e estadia no concelho de Esposende.
Saiba mais no site oficial: [Caminho de Santiago]