Miradouro de S. Lourenço (Vila Chã)

Estamos num dos pontos mais altos da arriba fóssil, essa linha de penedia que separa a planície litoral dos primeiros relevos mais a nascente. E este é um ponto privilegiado, uma vez que avistamos uma vastidão em redor! Para os lados do Mar, podemos alongar a vista até Esposende e Fão e, se apurarmos o olhar e a bruma atlântica não nos dificultar a visão, distinguimos os célebres "Cavalos de Fão", aqueles rochedos sempre batidos pelas ondas, brancos de espuma quando o mar aperta. Se seguirmos o olhar para o interior, pela linha marcada pelo Cávado, percebemos a sua sinuosa e fértil passagem pelos campos a que dá vida e frescura. Lá muito ao longe, os moinhos de S. Félix. Mais perto de nós, um outro cabeço como aquele em que nos encontramos, o Monte Faro. Mas a paisagem a nascente também tem os seus encantos: por mais de três dezenas de quilómetros, se o tempo ajudar, distinguimos uma boa parte da topografia deste Minho, até ao Sameiro, já para os lados de Braga. E a norte, outro ponto alto, mais um promontório da arriba fóssil, o Monte do Facho.