Segunda, 16 de Abril de 2018

Distinguida Rede Nacional liderada pelo Município de Esposende

O presidente da Câmara Municipal de Esposende, Benjamim Pereira, na qualidade de presidente da Rede Nacional da Cultura dos Mares e dos Rios recebeu o prémio Identitas Mare, atribuído pela Price Waterhouse Coopers, durante a edição de 2018 dos Prémios Excellens Mare, pelo “papel fundamental na promoção das culturas marítimas e de Portugal”.

A Rede Nacional da Cultura dos Mares e dos Rios, que teve a sua origem em maio de 2002 através de um manifesto de um grupo de cidadãos portugueses preocupado com a prioridade de salvaguarda e valorização do património marítimo (Declaração da Nazaré), vem assumindo um papel fundamental na promoção das culturas marítimas em Portugal.

Na cerimónia, Benjamim Pereira destacou o papel do almirante José Bastos Saldanha, da Sociedade de Geografia de Lisboa (SGL), entidade que esteve na génese da Rede da Cultura dos Mares e dos Rios e “partilhou” o prémio com os municípios que integram esta estrutura: Nazaré, Olhão, Aveiro, Ericeira, Ílhavo, Lisboa, Peniche, Porto e Póvoa de Varzim.

Lembrando que o Município de Esposende assumiu, em 16 de novembro de 2014, a presidência Rede da Cultura dos Mares e dos Rios e foi reconduzido, em 2017, para novo mandato, o presidente da Câmara Municipal de Esposende elencou, ainda, o programa de investigação desenvolvido, dedicado às tecnologias tradicionais e aos patrimónios (material e imaterial), associados à cultura atlântica, materializados no projeto “Tradição Viva, A comunidade piscatória de Esposende”.

Benjamim Pereira vincou, ainda, que, em 2016, foi submetida a candidatura da romaria e Banho Santo de S. Bartolomeu do Mar a Património Cultural e Material e, em 2017, foi desenvolvido o projeto musical Mare Nostrum. Está, também, em curso o projeto para a criação de dois museus, para a valorização do artesanato do junco e das paisagens do Sargaço.

Mas o presidente da Câmara Municipal de Esposende quer “alargar o âmbito de intervenção desta Rede da Cultura dos Mares e dos Rios”. Por isso, desafiou outros municípios do litoral a aderirem a esta Rede, “alargando o alcance das ações e conferindo escala aos nossos projetos”.

Anunciou, ainda, o lançamento uma plataforma que pretende ser o repositorium de todas as publicações que ocorram nos municípios que integram esta Rede e que estejam direta ou indiretamente associadas ao mar.