Quinta, 25 de Outubro de 2018

Doçaria tradicional e conventual domina 11.ª edição dos Fins de Semana Gastronómicos do Norte

Esposende acolhe, de 1 a 3 de março, o Fim de Semana Gastronómico, inserido no roteiro que a Entidade Regional Turismo do Porto e Norte de Portugal programou para os meses de novembro e dezembro do corrente ano e para o intervalo entre janeiro a junho de 2019.

O vereador com o pelouro do Turismo, no Município de Esposende, destacou a adesão dos empresários, ação interligada com a dinâmica da autarquia que “tem proporcionado as condições para que a atividade seja bem-sucedida”. Sérgio Mano apontou os “números fabulosos” da procura turística em Esposende, associados à crescente demanda de peregrinos que procuram o Caminho da Costa para Santiago de Compostela.

“A localização estratégica de Esposende permite aproveitar diversas sinergias, condensando mar, rio e montanha num curto território, o que proporciona experiências únicas. Essa diversidade alarga-se à gastronomia, destacando-se o peixe e o marisco, assim como a doçaria e os vinhos”, vincou Sérgio Mano.

Assim, o Município de Esposende volta a colocar a tónica da sua projeção gastronómica no evento Março com Sabores do Mar, contando com a participação da maioria dos restaurantes do concelho, envolvendo-os num concurso que alia a tradição à nova culinária.

Esta 11.ª edição dos Fins de Semana Gastronómicos que a Turismo do Porto e Norte de Portugal tem agendados, envolvem mais de mil restaurantes, distribuídos por 78 municípios. Aderem ao evento, ainda, 500 empreendimentos turísticos, 300 quintas e adegas.

Dedicada às receitas tradicionais e conventuais – que contam, na região, 215 registos – esta 11.ª edição dos Fins de Semana Gastronómicos visa alargar a divulgação da gastronomia local, até porque esse tem sido um excelente veículo para o crescimento turístico.

“O Norte de Portugal e os Açores mantiveram o crescimento da procura, no último trimestre, ao contrário do resto do país que verificou uma descida de turistas. A cooperação tem permitido alcançar frutos”, destacou Jorge Magalhães, da Entidade Regional Turismo Porto e Norte de Portugal que atribui os bons resultados interatividade e disponibilidade de todos os agentes que operam na região.

Os resultados da ação que tem sido desenvolvida permite que produtos do Norte de Portugal estejam presentes em 124 países do mundo, e dispondo de 52 produtos qualificados.