Terça, 16 de Agosto de 2016

Esposende acolhe 2.º Festival do Teatro de Rua de 22 a 24 de agosto

Após o sucesso de 2015, O FestiTeatro – Festival de Teatro de Rua está de volta.

No âmbito do projeto CREARTE – Crescimento da Arte Teatral de Esposende, o Município de Esposende vai promover, nos dias 22, 23 e 24 de agosto, o 2.º FestiTeatro, cujos espetáculos se vão repartir pela Praça do Município e Rua 1.º de Dezembro, no centro da cidade, com início às 21h30.

O evento visa motivar e dar a conhecer novas possibilidades criativas de Teatro de Rua e pretende também criar condições que garantam aos cidadãos o acesso às artes e à cultura no espaço da rua.

Esta edição apresenta uma programação onde a arte do palhaço ou Clown estará em destaque, através das diferentes abordagens a esta arte de fazer rir, integrando espetáculos para toda a família, de acesso gratuito. O evento vai contar com a participação de artistas de várias nacionalidades, consagrados no panorama do Teatro de Rua e com carreira internacional.

Assim, nos dias 22 e 23 terá lugar o espetáculo “Lullaby”, pelo grupo “Cão à Chuva”, do Porto, protagonizado por Rui Paixão, a mais recente revelação no mundo Clown, que já ganhou prémios internacionais, tendo sido recentemente aceite para ingressar no elenco do Cirque du Soleil.

Também no dia 22, apresenta-se Enano Free Artist, um Palhaço Ativista, conhecido universalmente como Palhaço Enano. De origem andaluz, mas a residir em Portugal há quase duas décadas, Enano apresenta em cada show uma nova aventura, transformando a rua na sua própria casa e o público na sua família.

Nos dias 23 e 24, a rua será palco da atuação de Tosta Mista – O Malabarista. Tosta Mista é Thorsten Grütjen, alemão que veio para Portugal há 20 anos, para estudar na escola de circo do Chapitô, em Lisboa e por cá ficou. Um espetáculo com muita técnica e gags e com um grande espaço dedicado ao improviso em estreita comunicação com o público.

Peter Punk (Isaac Rodriguez) apresenta, no dia 24, o espetáculo “Peor Imposible”. Peter Punk tem a maturidade e a qualidade necessária para ser confirmado como o palhaço galego mais importante e mais requisitado nos últimos dois anos, contando no currículo com mais de 900 espetáculos em digressões internacionais e inúmeras presenças em festivais estatais e galegos.

A animação será uma constante ao longo do FestiTeatro, uma vez que, entre cada espetáculo, participarão também outros artistas de rua, malabaristas, bombos e a Clown Marta Costa, interpretando a Maria em “Aceitas?”.

Recorde-se que o projeto CREARTE está a ser promovido e dinamizado pelo Município, sob a orientação do encenador e formador Jorge Alonso, com o intuito de incentivar o crescimento da arte teatral no concelho.