Quinta, 06 de Junho de 2019

Esposende Cup será evento ecologicamente sustentável

Largo Fonseca Lima acolherá Fun Zone para proporcionar o convívio de todos os atletas e familiares

Entre 4 e 7 de julho, Esposende acolhe o 5.º Torneio Internacional de Futebol Infantil -Esposende Cup, uma organização conjunta da Câmara Municipal de Esposende e da empresa CA Tourism & Events que levará a competição a diversos recintos desportivos do concelho. No total, participam cem equipas, distribuídas pelos escalões de Iniciados, Infantis, Benjamins e Traquinas.

Tendo como embaixador da competição o ex-jogador e agora treinador, Mário Silva, recém-campeão nacional e europeu na categoria de Sub-19, o torneio pretende afirmar-se como evento ecologicamente sustentável. Para tal, a organização conta com o apoio da empresa municipal Esposende Ambiente, para que seja distribuída água em todos os estádios onde decorre a competição. Dessa forma, evita-se o uso indiscriminado de garrafas de plástico.

“O Município de Esposende tem uma estratégia municipal desportiva bem alicerçada, mas que não esquece as outras áreas. Este é um evento muito importante para a economia local e, também por isso, merece o nosso apoio”, vincou o presidente da Câmara Municipal de Esposende, Benjamim Pereira.

A sustentação do peso económico local do Esposende Cup foi feita por Clemente Araújo, promotor do evento, assinalando o aumento da procura hoteleira que, em 2016 ocupou cinco unidades e este ano chega a 11 hotéis.

Luís Martins, presidente da Turismo Porto e Norte de Portugal destacou “a importância do trabalho em rede, independentemente do tamanho do território”, como forma de alcançar o sucesso. Defendeu, ainda, a oferta de conteúdos, animação e eventos, como forma de atrair turistas, uma vez que, “dos 4,5 milhões que visitaram a região, em 2018, 75% não saíram da Área Metropolitana do Porto”.

Manuel Machado, presidente da Associação de Futebol de Braga, realçou a dimensão intercontinental do evento esposendense, importante na socialização dos jovens e na partilha cultural.

O investimento na formação afigura-se como o principal suporte da oferta desportiva de Esposende, conforme vincou o vereador do Desporto, Rui Losa. “Queremos prestar um serviço público de qualidade. O fomento da prática desportiva faz-se também, atendendo à importância deste evento enquanto produto turístico”, sustentou Rui Losa.

A apresentação do Esposende Cup revestiu-se de profundo significado, na medida em que foi a primeira presença, em público, do treinador da equipa de Sub-19 do FC Porto que se sagrou campeã nacional e da Europa. O presidente da TPNP, Luís Martins, destacou “a importância de a região ter a marca FC Porto”, enaltecendo o feito do técnico e da sua equipa na época que agora finda.

Relativamente ao Esposende Cup, Mário Silva sublinhou a “motivação que os jogadores sentem, quando participam num evento desta dimensão”. Enquanto treinador, Mário Silva já participou no Esposende Cup e testemunha “o grau elevado e a boa organização do torneio”.

Esta postura enquadra-se nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030, da Organização das Nações Unidas, nomeadamente Saúde de Qualidade, Cidades e Comunidades Sustentáveis, Produção e Consumo Sustentáveis e Parcerias para a Implementação dos Objetivos de Sustentabilidade.