Quinta, 18 de Janeiro de 2018

Gastronomia local mereceu destaque na imprensa nacional

"Quem resiste a um glorioso arroz de corvina?

Nasceu com vocação petisqueira, mas agora manda a cozinha tradicional, com o arroz caldoso em evidência. Também o pernil assado recomenda a viagem até Fão.

Nomeada quase sempre a propósito da praia de Ofir ou das deliciosas Clarinhas, a vila de Fão tem também um núcleo histórico antigo (séculos XVI e XVII) na margem esquerda do Cávado, uma dupla faceta — de rio e de mar — que lhe confere particular encanto e atractividade. Antigo e moderno como que separados com a travessia da EN13 e a sua centenária ponte metálica, com a frente marítima mais dedicada às actividades de lazer e veraneio e a velha vida quotidiana ancorada à beira-rio, em contexto calmo e bucólico.

Aí está o restaurante Tio Pepe, também ele agora com uma dupla faceta de restaurante e churrasqueira, com as costelinhas de porco grelhadas como que atravessadas numa casa que antes se destaca pela boa cozinha tradicional."

Ver artigo completo Jornal Público