Sexta, 26 de Julho de 2019

Município de Esposende coorganiza Festival Ofir 2019

Por via da coorganização do Festival Ofir 2019, o Município de Esposende irá garantir um montante de 10 000 euros às corporações de Bombeiros Voluntários do concelho.

Em reunião do executivo, o Município aprovou os termos do protocolo de cooperação a estabelecer com a empresa Lança Conceito – Unipessoal Lda. para a coorganização deste evento musical, a ter lugar no Pinhal Ofir, em Fão, nos dias 3, 10, 17 e 24 de agosto, com a participação, respetivamente, dos renomeados artistas internacionais Kevinho, Paula Fernandes/Nuno Ribeiro, Seu Jorge/Natiruts e James Arthur.

O protocolo estabelece que o Município assume as despesas relativas ao apoio logístico e divulgação do evento até ao montante máximo de 10 000 euros, recebendo, a título gratuito, bilhetes de acesso ao Festival, em número correspondente ao valor do apoio concedido. O Município compromete-se a doar esses ingressos, em partes iguais, às duas corporações de bombeiros voluntários do concelho, designadamente Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Esposende e Benemérita Associação dos Bombeiros Voluntários de Fão.

O Município garante, deste modo, mais um apoio financeiro aos soldados da paz concelhios e associa-se à organização de um evento que se destaca pela sua grandiosidade, assumindo-se como uma marca própria da região. O Presidente da Câmara Municipal de Esposende, Benjamim Pereira, realça que se trata de “um festival que se assume dos mais representativos a nível nacional e uma referência única no panorama dos Festivais de Verão, o qual constituirá, incontestavelmente, uma mais-valia para o turismo da região, fomentando fortemente o comércio e a atividade dos seus agentes económicos”. Sublinha que, “dada a grande projeção a nível nacional, o Festival é um projeto estruturante para a promoção e internacionalização do concelho de Esposende”, considerando, por isso, que “a sua concretização constitui um acontecimento de repercussão internacional em variadas áreas, desde a cultura ao turismo”.

Benjamim Pereira sustenta que “o Município tem assumido um papel interventivo no apoio às entidades que desenvolvem atividades promotoras e valorizadoras do património, da cultura e do território concelhio”, considerando que este evento no Pinhal de Ofir se enquadra nessa estratégia. “É de todo o interesse para Esposende a realização deste Festival”, afiança.