Terça, 11 de Maio de 2021

Município de Esposende reforça Rede de Observatórios da Natureza

Com a recente instalação de mais um equipamento junto à foz do Rio Neiva, em Antas, a Rede de Observatórios da Natureza do Município integra agora oito pontos de observação de avifauna e apreciação da paisagem natural, em diferentes pontos do concelho.

O Miradouro do Estuário do Rio Neiva junta-se, assim, ao também recente Observatório de Esposende, instalado na zona ribeirinha da cidade, reforçando esta rede municipal onde se incluem também a Torre de Observação Panorâmica – Belinho, o Observatório da Redonda – Marinhas, o Miradouro da Foz do Rio Cávado – Fão, o Observatório e o Miradouro do Estuário do Estuário do Rio Cávado – Fão e a Torre de Observação Panorâmica Lagoa de Apúlia. Posicionados em locais de excelência, alguns destes equipamentos integram os trilhos da Rede Municipal de Percursos Pedestres e/ou as ecovias do Litoral Norte e do Cávado Homem, fazendo a interligação entre os diferentes patrimónios e a Rede de Miradouros, que oferece o desfrute de vistas privilegiadas sobre o território.

Integrado nesta estratégia de promoção e valorização da Rede de Observatórios, o Município procedeu à requalificação do observatório localizado na restinga do Cávado, fustigado pelos temporais e por atos de vandalismo. Simultaneamente, foram colocados painéis informativos com informação atualizada e promotora das diversas redes de equipamentos voltados para a promoção da natureza, tais como os Miradouros, os Observatórios da Natureza e os Percursos Pedestres.

Está igualmente prevista a edição de uma brochura sobre a Avifauna do Concelho de Esposende, com o intuito de divulgar as espécies que passam por cá ou permanecem nos Rios e Estuários do Neiva e Cávado, entre as quais o guarda-rios, a garça-real, o pato-real, o borrelho-grande-de-coleira ou a águia-pesqueira, ou que pontuam em espaços agrícolas, na arriba fóssil, nas matas ou bosques e plantações florestais, sistemas dunares, praias e recifes expostos, e no meio marinho.

Ainda neste contexto, a Rede de Miradouros também será beneficiada com a colocação de painéis de interpretação da paisagem, designadamente no Monte de S. Lourenço – Vila Chã, Monte da Senhora da Paz – Marinhas e Senhora da Guia - Belinho.

Integradas na estratégica turística de promoção e valorização do território, e em linha com as metas dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 da ONU, estas ações resultam de uma candidatura ao PROVERE (Programa de Valorização Económica dos Recursos Endógenos), designada “Qualificação das Experiências da Natureza do Minho – Rede de Infraestruturas de Visitação da Natureza do Município de Esposende”, que prevê um investimento total de cerca de 40 000 euros, comparticipado a 85%.

Este projeto pretende contribuir para a qualificação da rede de infraestruturas de suporte ao produto estratégico turismo de natureza, face à existência no concelho de Esposende de locais de extrema beleza e diversidade, dotados de boas acessibilidades e de equipamentos básicos que permitem o bem-estar e permanência ao visitante, consolidar o trabalho em rede na região em torno desta oferta turística específica, assim como contribuir para a qualidade e certificação dos serviços de animação turística prestados na região do Minho.