Segunda, 06 de Junho de 2016

Município promove “Esposende, Terra de Mar” 2 a 5 de junho

Com o intuito de afirmar o território concelhio como destino de excelência em termos de produtos e serviços ligados ao turismo náutico, à gastronomia dos pratos de peixe e marisco, o Município de Esposende vai promover, entre os próximos dias 2 e 5 de junto, a segunda edição do evento “Esposende, Terra de Mar”.

Ao longo de quatro dias, a cidade será palco de um conjunto de iniciativas, que se repartirão por vários espaços. Assim, a par de outras atividades, o programa integrará o 5.º Encontro da Rede Nacional da Cultura dos Mares e dos Rios, a Feira do Mar, o VII Encontro de Embarcações Tradicionais e o Festival Gastronómico, bem como as comemorações do Dia Nacional do Pescador.

Integrado no 5.º Encontro da Rede Nacional da Cultura dos Mares e dos Rios (RNCMR), cuja presidência está a cargo do Município de Esposende, que decorrerá nos dias 2 e 3 de junho, no Fórum Municipal Rodrigues Sampaio, terá lugar um colóquio, subordinado ao tema "Banho Santo: A Romaria e um Mar de Estórias". A destacar neste evento a apresentação da candidatura “Romaria de S. Bartolomeu do Mar” à Lista Nacional do Património Imaterial.

A Feira do Mar decorrerá na Zona Ribeirinha de Esposende, nos dias 4 e 5, e contará com a presença de agentes locais que desenvolvem a sua atividade no âmbito da náutica de recreio, construção naval, transportes marítimos e animação turística, bem como do Parque Natural do Litoral Norte e da Polis Litoral Norte, entre outros organismos e parceiros locais.

O Encontro de Embarcações Tradicionais inclui uma visita à Rede de Museus do Mar e desfile das embarcações, nos dias 4 e 5. Esta iniciativa traz até Esposende algumas dezenas das melhores e emblemáticas embarcações tradicionais nacionais e da Galiza.

Entre os dias 3 e 5, junto à Lota de Pesca de Esposende decorrerá, numa tenda montada para o efeito, o Festival Gastronómico do Mar, no qual será dado o devido destaque ao “Polvo da Pedra à Esposende”, o prato identitário da gastronomia desta Terra de Mar. Para além do polvo poderão ser degustadas muitas outras iguarias provenientes do mar e rios Cávado e Neiva, confecionadas pelas associações locais, estando igualmente garantida animação musical ao longo dos 3 dias, com o artista “Canário”, Joana d’Arc, Fado dos Pescadores e o Festival de Folclore do Mar.

Integrado nas comemorações do Dia Nacional do Pescador, no dia 5, às 10h00, há missa na Igreja Matriz, seguida da romagem à barra. Da parte de tarde, às 16h00, realiza-se um simulacro marítimo.

Os motivos marítimos dão o mote à Feira de Velharias, do dia 5 de junho, e às exposições que poderão ser visitadas ao longo do evento. Assim, na Biblioteca Municipal Manuel de Boaventura será possível visitar a exposição “O Mar como tema literário – Da Idade Média ao Séc. XXI”, na Marginal Sul a Exposição “Esposende, Terra de Mar – Mar Vivo”, na tenda gastronómica a Exposição “Tradição Viva – Comunidade Piscatória de Esposende” e nas montras do comércio local estará patente a exposição “Tradição Viva”.

Associado ao evento “Esposende, Terra de Mar”, no dia 5, no parque em frente às piscinas Foz do Cávado, estará presente a campanha da Operação Nariz Vermelho “Põe o Nariz por esta Causa”.