Quarta, 25 de Janeiro de 2017

Obras de 1.8 milhões de euros modernizam doca de Esposende e portinho de Apúlia

A doca de pesca de Esposende e o portinho de pesca de Apúlia vão ser alvo de obras de modernização, no âmbito do programa “Mar 2020”, desenvolvido no âmbito da Polis Litoral Norte. A Ministra do Mar, Ana Paula Vitorino e o secretário de Estado das Pescas, José Apolinário apresentaram os investimentos que ultrapassam os 5 milhões de euros, sendo 1,8 milhões de euros aplicados nas obras de Esposende.

O secretário de Estado das Pescas, José Apolinário, disse ser intenção do Governo “aproveitar os fundos do programa Mar 2020 para proteger a pesca tradicional e as pequenas embarcações, em conjugação de esforços com as autarquias”. Para a ministra Ana Paula Vitorino, os investimentos são feitos "em função da mais valia que representam para as pessoas".

Na cidade de Esposende, a obra no portinho custará 1.09 milhões de euros e o projeto estará pronto em julho, prevendo uma intervenção em toda a zona envolvente. Em Apúlia, a obra custará 720 mil euros e prevê arranjos na rampa de acesso e em toda a zona de aprestos, além de contemplar a retirada de rochas que impedem o normal acesso das embarcações ao mar.

“Vamos avançar com os projetos, chamando a participar na sua elaboração aqueles que são os principais beneficiados: os pescadores. Queremos ouvir as suas ideias e transportá-las para o papel, para que sejam acauteladas todas as suas pretensões”, sustentou o presidente da Câmara Municipal de Esposende, Benjamim Pereira.

Nos restantes municípios que, tal como em Esposende, integram a Polis Litoral Norte, Viana do Castelo e Caminha, as obras no portinho do Cabedelo custarão 370 mil euros e no portinho de Castelo do Neiva fixam-se em 2.15 milhões euros. Em Caminha, as obras do cais da Rua custarão 880 mil euros.